Nós nos importamos!

Nos últimos tempos, uma sigla está em alta nas estratégias empresariais: ESG (Environmental, Social and Governance) ou, em português, Meio Ambiente, Social e Governança. O termo surgiu em 2004, em um relatório da ONU intitulado ‘’Who Cares Wins’’ – o que, em uma tradução livre, significa “Ganha quem se importa”.

O relatório apontou que a atenção a essas áreas pode, além de trazer benefícios à sociedade, agregar valor aos negócios, uma vez que elas são primordiais para o investidor moderno. Desde então, ficou cada vez mais claro que, para continuar prosperando, as empresas devem ser socialmente responsáveis, trabalhar em prol da sustentabilidade e serem gerenciadas de acordo com princípios éticos.

Para nós é uma grande satisfação dizer que, antes mesmo da sigla ESG ganhar destaque mundo afora, já trabalhávamos com essas premissas aqui na Renner Sayerlack, oferecendo benefícios à sociedade a partir de uma atuação pautada pela ética e pela responsabilidade ambiental e social.

Além do nosso alinhamento aos valores ESG, também seguimos os preceitos do Pacto Global da ONU, que visa engajar as empresas a contribuir para o alcance dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), metas que podem levar a um futuro melhor para todos. Esses objetivos compõem a Agenda 2030 da ONU, criada em 2015 para enfrentar os maiores desafios de nossos tempos, entre eles a pobreza, a desigualdade, os ataques aos direitos humanos e as mudanças climáticas, entre outros.

Assim como no caso do ESG, também já tínhamos, muito antes da definição dos ODS, diversas iniciativas para apoiar o desenvolvimento socioeconômico sustentável das comunidades onde atuamos. Com ações como o Projeto Formar, o Projeto Aprendiz e o Programa de Aprendizagem, cujos resultados
acabam impactando também a sociedade, a Renner Sayerlack atende diretamente ao primeiro objetivo contemplado nos ODS, aquele que trata da erradicação da pobreza.

São pequenas sementes que temos plantado ao longo dos anos e que contribuem para transformar a realidade de muitas pessoas e famílias. Essa atuação responsável, tão falada nos dias de hoje, está no nosso DNA desde nossa fundação, há mais de 50 anos. E é com ela que vamos continuar construindo nossa história e crescendo.

Especialistas em Manutenção

Numa operação fabril, os equipamentos devem estar em pleno funcionamento para manter a produção fluindo. Por trás dessa importante “missão” está nosso setor de Manutenção, que atua de forma preventiva.

Supervisor de Manutenção na Renner Sayerlack, Silas Aparecido Scandolera lidera nove profissionais e um aprendiz que atuam em equipe para garantir o bom funcionamento dos equipamentos, evitando paradas que comprometam a produtividade e a segurança das operações ou que causem danos ao meio ambiente. “Além de trabalhar em possíveis correções, estamos sempre inovando e desenvolvendo dispositivos para facilitar as atividades do dia a dia, acompanhando a evolução dos equipamentos e as novas formas de comunicação e interação”, conta Silas, que tem 38 anos de empresa e está sempre incentivando seu time a desenvolver novas habilidades.

Todo esse comprometimento se reflete no atendimento dos prazos de entrega dos produtos, na padronização da fábrica e, consequentemente, na qualidade dos produtos acabados. “Minha maior satisfação pessoal é ver o envolvimento e o desenvolvimento do pessoal da Manutenção, principalmente quando existe a possibilidade de implantar novas tecnologias e trabalhar em melhorias contínuas, que certamente impactam os resultados da empresa”, conclui Silas.

Volta às aulas fica melhor com benefício

Para garantir que a volta às aulas seja tranquila e mais “leve” para nossos colaboradores, já é uma tradição da Renner Sayerlack oferecer um benefício para a compra do material escolar de seus filhos e dependentes legais com idade entre 4 e 14 anos completos.

Assim como nos anos anteriores, o benefício foi reajustado e seu novo valor, R$ 180,00, já foi creditado na conta dos colaboradores no dia 31 de janeiro. Esse é um benefício realmente diferenciado, que demonstra mais uma vez o quanto nos importamos com a educação das próximas gerações.

Foco em sua saúde

Com o aumento no número de casos de covid-19 e da alta taxa de contaminação da ômicron, estamos reforçando nossos protocolos de segurança e combate à doença, realizando um forte trabalho de conscientização junto aos colaboradores, estimulando-os a redobrarem os cuidados, principalmente em relação ao uso de máscaras.

Intensificar os cuidados neste momento é de extrema importância, tanto no ambiente de trabalho quanto no seu convívio social, com família e amigos. Apesar do avanço da vacinação e da inclusão das crianças e adolescentes na imunização, cuidados básicos, como o uso de máscaras, a higiene das mãos e o distanciamento físico, continuam sendo fundamentais para evitar a disseminação do coronavírus.

CUIDE DE VOCÊ. CUIDE DO OUTRO. CUIDE DE TODOS.

Excelência promovida

Todos sabem que a melhor propaganda de um produto ou marca quem faz são os clientes satisfeitos. Por isso, a Renner Sayerlack dedica uma boa parte de sua estratégia de negócios a atender bem seus clientes.

Entre as ações com esse foco está a nossa Pesquisa de Satisfação, que é realizada ano a ano e tem como um de seus objetivos descobrir o nível de fidelidade de nossos clientes à nossa marca e produtos. Para isso adotamos a renomada metodologia NPS (Net Promoter Score).

O resultado da pesquisa de 2021 comprovou mais uma vez que os esforços de nossas equipes com foco em encantar os clientes estão dando bons frutos.

Atingimos o NPS de 87%, o que nos coloca na Zona de Excelência.

Para descobrir quais clientes são promotores, detratores e neutros, perguntamos na pesquisa: “Em uma escala de 0 a 10, qual a probabilidade de você recomendar a Sayerlack e seus produtos?”

A partir das respostas obtidas é possível visualizar com clareza – e de imediato – o grau de satisfação do cliente: uma nota baixa significa desagrado, enquanto uma nota alta está relacionada ao contentamento.

Para notas de 0 a 6, estão os clientes detratores, cuja satisfação é baixíssima ou mesmo inexistente. Notas 7 ou 8 indicam os clientes neutros, cuja opinião não tem nuances positivas ou negativas. A recompra pode até acontecer, mas não deriva de qualquer fidelidade à marca.

Por fim, notas de 9 a 10 revelam clientes promotores: aqueles que se envolvem verdadeiramente com a empresa e estão dispostos a exaltá-la publicamente, recomendando a compra de seus produtos ou serviços.

E nosso resultado foi muito positivo:

“Os números são bons, mas sabemos que sempre há espaço e capacidade para aumentar nosso índice. Vamos tentar melhorar, recuperando e encantando os 10% dos clientes neutros. Parabéns a todos pelos resultados e, como sempre, conto com o comprometimento de cada um que trabalha na empresa para subirmos ainda mais nossa posição na Zona de Excelência”, diz Marcelo Cenacchi, diretor geral.